No Balcão do Quiosque

terça-feira, 25 de setembro de 2012

MÁ COMPANHIA NÃO É NADA MAU!



Sabe aquela deixa de que “antes só do que mal acompanhada”? Sinceramente isso é coisa de quem está com dor de cotovelos, com carência mal resolvida, ou com vontade de provar a si mesma de que perdeu “qualquer coisa à toa”. É isso mesmo... E já que estou confessando isso, hei de confessar também, que ultimamente ando sentindo falta de uma má companhia, nem que sirva pra depois eu chegar novamente à conclusão de que antes só do que com uma má companhia. 

Sim, estou carente! 

E não venham me dizer que má companhia a gente encontra em qualquer lugar. Encontra não. Afinal de contas, já que é má companhia, precisa, no mínimo, que seja moreno, alto, bonito e sensual [loiro também serve]. Pode ter certeza que essa má companhia, não é nada má... 

Quando me vem à mente essa má companhia, lembro logo de Chapeuzinho Vermelho e do Lobo Mau. Pra ela poderia ser uma companhia horrível, mas para uma mulher bem resolvida, aquelas feições temerosas e horríveis não são de todo ruim. Pensa comigo: Para chapeuzinho todas as respostas dos “pra quês” foram de botar medo (mas ela era uma criança né?). Agora se esses “pra quês” fossem feitos por uma mulher bem centrada eu imagino que a resposta poderia ter sido outra! Veja: 

MBR (Mulher bem resolvida): Lobo Mau porque esses olhos tão grandes? 

LMS (Lobo Mau sedutor): Para poder admirar toda tua beleza, que vem da tua alma e reflete qual flor orvalhada no teu exterior! 

MBR: Para que esse nariz tão grande Lobo Mau? 

LMS: É para aspirar toda poesia que emana de ti, e que às minhas narinas vem como perfume suave e único. 

MBR: Para que essa mão tão grande Lobo Mau? 

LMS: Essas mãos enormes, tão somente desejam tocar na tua pele, sentir teu calor e apalpar tuas carnes macias que me chocam a imaginação... 

MBR: E essas orelhas tão grandes???... Pra que seriam? 

LMS: Para ouvir tua voz tão meiga e doce, dizendo palavras que me elevam às alturas ! 

MBR: E essa boca enorme, tão cheia de dentes? Pra que a usará?[eu pensaria uma infinidade de respostas... Mas melhor deixar o resumo do Lobo Mau] 

LMS: Pra te comer... Engolir inteira é coisa pra lobos sem experiência. Eu te mastigarei com meus dentes enormes, saborearei cada pedacinho e depois sorrirei satisfeito, sabendo que devorei o melhor banquete que encontrei nessa floresta chamada vida. 

Resumindo, o lobo mau, que nesse caso é a má companhia, tem boas intenções sabia? Que mulher não gostaria de ter uma companhia que fosse somente olhos para ela, que ouvisse tudo que ela tem pra dizer, a acariciasse com mãos enormes, cafungasse no seu cangote com aquele nariz imenso e por último ainda a (comesse) devorasse? 

Que chapeuzinho vermelho que nada, quem se dá bem na história é a vovozinha! Ráaaaaaa!!! E quem disse que uma má companhia é algo mau? Bem... Má companhia no bom sentido. 
Marly Bastos

5 comentários:

✿ chica disse...

Hilária e bem humorada tua crônica!Adorei! beijos,chica

☆Lu Cavichioli disse...

Somente Olhos e mente psicanalítica bem resolvida pra revirar a história e fazer da má companhia algo inusitado e interessante.

Talvez o lobo mau, Marly, não seja de todo mau. Jung iria gostar dessa persona rsrsrs. Já pensou se ela entrasse no inconscieamnte coletivo das femininas?

MEUS SAIS! Haveriam muitos lobos-maus para suprir as carências do universo feminino - ou não?

Dúvidas a parte!

Ótima crônica de cunho jocoso, inteligente e reflexivo.

bacios Marly!!
:)

Zilani Célia disse...

OI MARLY!
DEPOIS DE TODAS ESTAS PROVAS, CONCORDO, O LOBO MAU ERA UMA BOA COMPANHIA, OU MÁ COMPANHIA NO BOM SENTIDO E PRONTO...
ABRÇS
zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

João Esteves disse...

Marly, seu pastel está maravilhoso, mas leva algum ingrediente me deixou assim ligeiramente nostálgico. Eu devia saber direito essa história da chapeuzinho vermelho e do lobo mau (vovozinha e tudo) há um bom tempo, quando ainda era jovem e estava muito mais preocupado com minhas próprias qualificações de lobo mau do que com reconhecer mulheres bem resolvidas.

Marcos Santos disse...

Concordo com o João. Infelizmente perdemos muito tempo andando em alcateias de lobos machos, tentando desenvolver nossa "macheza" e quando resolvemos colocá-la em prática, várias Chapeuzinhos Vermelhos já foram devoradas por lobos solitários e independentes.