No Balcão do Quiosque

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Namoro ecológico


Doze de junho, dia dos namorados. O telefone toca.
- Alô?
- Pai, sou eu - reconheço a voz de meu filho. - Vou passar a noite fora...
- Tá bom, filho. Te cuida.
Ele já vinha de um plantão noturno, na véspera, no seu serviço de controlador de tráfego aéreo no aeroporto de Jacarepaguá, e eu imaginei que ele tinha arranjado uma namorada. Não sou de fazer muitas perguntas; confio em meus filhos. Só confirmei que ele retornaria na tarde do dia seguinte e desliguei, despreocupado.
Dia 13, à tardinha, chega ele, com cara de tresnoitado.
- Namorou muito? - Brinquei.
- Namorei... com a Dilma! - retrucou ele, mal-humorado.
Só então eu me toquei. A nossa querida PresidentA (na grafia do Xipan) chegara na madrugada ao Rio, a bordo do Força Aérea Um - o avião presidencial. E todo o espaço aéreo, num raio de muitas milhas em torno da cabeça do Redentor, merecera cuidados especiais, não fosse o avião pousar na contramão ou ser desviado por meliantes para alguma favela ainda não pacificada...
E enquanto durar a Rio Eco 2012, teremos que ceder nossos espaços, no ar e no solo, nas aerovias, rodovias, estradas e avenidas, às autoridades de todo o planeta, que vêm aprender com nossos sábios governantes como se deve cuidar do meio ambiente.
Pobre planetinha!

11 comentários:

Janice Adja disse...

Ótimo texto e com muito humor.
Parabéns!
Beijos!

Milene Lima disse...

Isso lá é nora que se apresente?

Nessas horas tudo funciona numa belezura só, né? Nada pode dar errado e aos olhos do mundo aquelas matérias mostrando um Brasil violento e desgovernado é pura má vontade.

Nosso país é bacaninha que só... Só Jesus na causa!

Beijos ao pai zeloso, ao filho protetor dos nossos ares.

Marcos Santos disse...

Trabalhei em grandes corporações e aprendi que sempre depois dessas mega-reuniões, a conclusão para se resolver os problemas de caixa ou outro qualquer, era demitir um ofice-boy, ou um estagiário. Essa Rio+20 é mais ou menos isso.

MARILENE disse...

Sempre considerei reuniões como forma de se adiar as soluções (rss). Tadinho do seu filho! E de tantos outros que, nesses eventos, perdem o seu necessário descanso para trabalhar como anjos da guarda de quem nem merece tamanha atenção.
Grande beijo!

João Esteves disse...

Profissão suficientemente estressante mesmo na rotina, essa do seu filho, RR. Parece que a jornada é mais curta (ou já foi, sei lá, tudo muda o tempo inteiro principalmente contra os funcionários que realmente trabalham) justamente por isso. Ninguém aguenta. E ainda tem os voos presidenciais. Mas pelo visto salvaram-se todos. Tanto melhor, então. Forte abraço.

Leonel disse...

O que temos presenciado aqui no Rio é um tremendo esforço em mostrar aos estrangeiros participantes deste evento que aqui vai tudo às mil maravilhas.
E, para isso, alguns transtornos adicionais aos costumeiros são repassados aos moradores da cidade!
Abraços!

Filha do Rei disse...

:) Ótimo texto, crítico e corretíssimo.
Tenha um abençoado fim-de-semana. Abraço!

Sissym disse...

Sim! Pobre planetinha!
Visto que sou Carioca e queria fugir da cidade, mas não posso!

Beijocas

lucidreira disse...

Olá, obrigado poe comentar lá no Espelhando e Espalhando Amigos na nossa postagem.
O que deveríamos fazer era ações, pois cuidamos das devoções para depois das obrigações.
Gostei do que li e vi por aqui.
Abraço

Nanda Assis disse...

kkkk é a vida meu caro.

bjosss...

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá meu amigo!
Fico imaginando quanto lixo produziram nesse Rio +20
E ainda querem falar de salvar o planeta?
Parece piada né?
Grande abraço
se cuida