No Balcão do Quiosque

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Rio 40 Graus

Isso nunca foi novidade para mim. Sentir temperaturas de 40, 41 e até 42 graus era comum na minha vida. Nasci e cresci em Realengo, na região mais quente do Rio de Janeiro. Aliás, o velho termômetro com a estampa de Nossa Senhora da Aparecida está pendurado na mesma sombra de 40 anos atrás, na casa de minha mãe.


Agora vivemos intensamente o "Aquecimento Global". Não sei a quem interessa essa expressão, mas que tem gente ganhando muito dinheiro com ela... isso lá tem.


Os mesmos 40 graus da minha infância são tratados hoje com grande estardalhaço. Como a temperatura medida não pode ser aumentada, pois o medido está medido e irremediado, inventaram um termo subjetivo, de maneira a informar a mesma temperatura de outrora, com o sensacionalismo de hoje: A Sensação Térmica.


É mais ou menos assim: O meu sovaco hoje está com uma sensação térmica de 42 graus, já os meus testículos que possuem um sistema de auto regulação, afastando-se do corpo quando a coisa esquenta, estão sempre fresquinhos, mais ou menos a uns 35 graus.


E assim acontece na vida, mas não satisfeitos das temperaturas nunca chegarem aos 45 ou 48 graus, os donos da mídia nos informam com grande alegria: "A sensação térmica hoje chegou a 50 graus", diz a mocinha do tempo, toda satisfeita e sorridente.


Ao ouvirem isso, os velhinhos logo começam a sentir falta de ar, sentem-se abafados, a pressão aumenta e o resultado tem sido trágico. Ou alguém nunca ouviu falar em somatização? Pois então, os pobres velhinhos somatizam os 50 graus da mocinha sorridente e acabam batendo as botas.


Pense nisso, se fosse da maneira como eles divulgam, meu saco já estaria arrastando no chão.


Será isso, um complô contra a turma da terceira idade?
Parece coisa do INSS.


Faz sentido...

Marcos Santos

3 comentários:

Chica disse...

Eu gostei esse teu texto, acabei de ler por lá. E a mim sempre encanta o jeito bem irreverente, sem frescuras de falar sobre os temas. Adorei! abração,chica

Graça disse...

Marcos,

decididamente, um dos seus melhores e mais 'bem-abordados' textos...

Somatização, eis a palavra. Concordo em todos os gêneros!

Auto-sugestão...e os coitadinhos dos nossos idosos morrendo, por conta disso!!!

Sim , amigo: "FAZ SENTIDO"!!!

Um abraço e obrigada por tão boa leitura.

Vieira Calado disse...

Sou dos que pensa que essa estória do aquecimento global é uma treta.

Saudações