No Balcão do Quiosque

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Oi, Claro que estou Vivo!

Tenho tido bem pouco tempo pra postar, ler blogs, comentar e todas essas coisas. Razão pela qual a comunicação virtual via blogs tem sindo lamentavelmente mal atendida.

Nos próximos chás de sumiço (já previsíveis), nada que ver com nem esquecimento nem negligência. É só que ando trabalhando demais. Tempo livre pra mim anda assim curtinho feito coice de porco. Mas quanto a isso já me expliquei e justifiquei tanto aqui como alhures, agora chega. Vamos ao episódio que hoje vim contar.

Pessoa muito próxima e querida minha comprou um aparelho novo para a filha de 14 aninhos que tivera seu celular roubado, depois de tomadas todas as demais providências aconselháveis para o caso.

De minha parte, ando pra lá de escaldado com os tantos desserviços que as operadoras prestam hoje em dia. Não é à toa que os processos contra elas se avolumam cada vez mais por todos os forums da vida.

Entretanto, a referida operação transcorreu dentro da maior normalidade desse mundo, e resultou perfeitamente satisfatória. Na barganha, um chip contendo uma boa franquia veio de brinde. Isso tá na cara que não passa de um golpe de mestre que eles dão visando criar demanda. Tudo é cientificamente calculado. No fim das contas, eles auferem lucros astronômicos com a jogada. Mas cá entre nós, ganhar créditos telefônicos é bom, também.

A operadora é, coincidentemente, a mesma do meu celular. A referida pessoa resolveu então dar pra mim.

Era irrecusável. Sem relutância, aceitei. Agora, por um bom tempo, não haverá qualquer motivo para não nos falarmos bem à vontade mesmo que meu telefone fique "pai-de-santo" (só recebendo). Basta eu usar o tal chip. e estamos conversados. Assunto é o que não falta. Serve até gentilmente cedido pelo impagável Stevie Wonder: "I just called..."

Uma menina é roubada mas nada sofre além do susto e da perda de seus pertences. Como adolescente não vive sem telefone, ganha outro e até eu acabo beneficiado. É happy end pra ninguém botar defeito, né?

- Alô! ... Hello! ... Mushi Mushi! ...

6 comentários:

Leandro soriano disse...

Meu filho já foi assaltado 4 vezes com prejú de 2 celulares, 1 bicicleta e 2 relógios. Claros e Vivos; tudo igaul, Tim Tim por Tim Tim.

Chica disse...

É assim mesmo, são roubados, depois compramos outros, oferecem montes de coisas e estou em Maceió e dentro do hotel ou qualquer restaurante o meu VIVO tá mais morto que um defuntinho...abração,chica

piccola marcia disse...

você vê? nem tudo está irremediavelmente perdido, nem mesmo as operadoras de telefonia móvel (e qualquer coisa, anatel nelas)
então, que bacana! aproveite bem o bônus, e faça como o paulo diniz dos bons tempos [sem celular], cantando pra tua querida, essa antiga canção:
'... Via Intelsat eu mando notícias minhas...
Beijos pra minha amada
Que tem saudades e pensa em mim...'
saudações cibernéticas,
piccola

Paula Raposo disse...

Não sei....mas se é bom para vocês. Beijos.

Lu Cavichioli disse...

João, cada uma que são duas né não?!

ultrabeijos

Rosemari disse...

João

Lucrar com prejuizos ... essa é muito boa pro quiosque ....