No Balcão do Quiosque

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Fragmentos de Um Devaneio - uma crônica existencial




Ultimamente não tenho dormido. Aceitei a sugestão de meu vizinho de quarto e passei a usar protetores auditivos para afastar o barulho incandescente do transito.

Em algumas noites tomo um comprimido para dormir. Outras, fico de olhos pregados no teto em cruz de meus escárnios.

Um ronco imaginário dorme a meu lado, enquanto lá fora a chuva castiga a vidraça. Sei que almas viram estátua no ponto de ônibus eternamente plantado em frente à minha janela. Acendo a luz do abajur vermelho, tipo cereja doce e ligo o ventilador de teto. Depois acendo um cigarro só pra relaxar.

Paris grita enlouquecida e iluminada. Quem sabe eu seria mais feliz se estivesse sentado em um dos milhares de cafés espalhados pela sexta-feira com cara de sábado.
Em meus sonhos (quando os tenho), encontro com ela. Encantadora de meus pensamentos, que assobia e dança com a música que sai de seus sapatos. Ela, que desfila e desnuda a neblina. Que fala a meus ouvidos com voz de blues.

Por Lu Cavichioli

13 comentários:

Leandro soriano disse...

Um belo devaneio, Lú. São passaportes livres da imaginação.

Bjs.

Lu Cavichioli disse...

... é verdade meu amigo. Nossa imaginação leva-nos a mundos totalmente desconhecidos e mágicos.


beijão
Lu

neo-orkuteiro disse...

Pelo fragmento, deu vontade de ler o devaneio todo. Vê se escreve e mostra aqui, Lu. Um prazer só!
Beijos

Chica disse...

DEIXAR VOAR NOSSA IMAGINAÇÃO, SEM FREIOS, , LIVREMENTE É TRI LEGAÇL! aDOREI ESSE VÔO..BEIJOS E TUDO DE BOM,CHICA

Lu Cavichioli disse...

rsrs... oi João, mostro sim, o devaneio é coisa de louco! Bj

Lu Cavichioli disse...

Oi Chica, vc o disse: SEM FREIOS! Adoro escrever desse jeito, é tudibom sim!

Beijão

Anne Lieri disse...

Lu,que delícia viajar por seus devaneios!Texto muito bonito!Bjs,

Rosemari disse...

Lú voce e Paris são identicas.

beijos

Lu Cavichioli disse...

Oi Anne, meu marido me diz quase sempre: "AMOR, VC É UMA SONHADORA E EU AGRADEÇO POR ISSO".

É isso minha amiga, sonho e sonho e insisto em sonhar.
Beijos querida, adoro quando vens.

Lu Cavichioli disse...

Ai Rose, adorei o comparativo. Eu amo Paris, sem nunca lá ter estado.
bjs

Ramosforest.Environment disse...

Magnifique!
Luiz Ramos

tita coelho disse...

A insônia maldita! Sofro dela e ela de mim kkkkkkk Me acompanha desde sempre... A quietude da noite, dá sensação de grito mudo. Adorei divagar pelo teu texto!
Abraços

Tere Tavares disse...

Lu,

Sua prosa sempre me encantou, não foi diferente ao ler este texto. Parabéns!

Um bom espaço o Quioque!

Beijos